Com agravamento da pandemia, conheça ONGs de Guarulhos para ajudar no combate à fome

Com o agravamento da pandemia, os brasileiros estão tendo que lidar com outro problema que, diferente do coronavírus, é visível: a fome. Em Guarulhos, a situação não é diferente. Sem renda fixa ou vendo os estabelecimentos comerciais apresentarem queda, muitas são as famílias que têm enfrentado uma série de dificuldades.

Neste cenário, as Organizações Não-governamentais (ONGs) se tornam essenciais para o auxílio imediato. Por isso, o HOJE separou algumas instituições que podem ser procuradas por àqueles que conseguem estender a mão neste momento e ajudar aos mais necessitados.

Projeto Prato Solidário

Diante aos últimos acontecimentos referente à covid-19 e pelo fechamento de vários comércios da cidade, surgiu o projeto social Corrente do Bem – Prato Solidário. Empresários do ramo de alimentação (bares/restaurantes/casas noturnas), por trabalharem com produtos perecíveis, se uniram neste momento para levar refeição aos moradores de rua e àquelas famílias mais necessitadas. O projeto precisa de doações de talheres plásticos, guardanapos, mantimentos, proteínas e material higiênico e de limpeza. Maiores informações @prato.solidario

Pontos de arrecadação

As Meninas do Lago / Renata Duarte (Prato Solidário)

Terça a Domingo / das 17h às 23h

Av Francisco Conde 194 (20 metros / em frente ao piscinão) Vila Rosalia/Gru

CFC Habilita / Alexandre Baccan (Semeando Amor sem Limites)

(Seg a Sex / das 9h às 15h)

Rua Nilo Peçanha 240 – Centro/Gru

Eraldo (Grupo Pão Nosso) 11 98174-1704

Seg a Sex / das 9h às 18h

Rua Tocantinópolis, 72 – Jardim Iporanga/GRU

ONG Olhar de Bia

A ONG Olhar de Bia, que atua há 14 anos na educação em Guarulhos, movimentou desde o início da pandemia mais de 250 toneladas de doações (entre alimentos, produtos de higiene e material de limpeza) e doou 100 mil máscaras de pano (junto com a Construtora VEGUS), beneficiando 27.000 vidas de toda Grande São Paulo, através da campanha #ViralizeOBem.

A premissa da ONG nesse momento é salvar vidas e levar comida para famílias em extrema vulnerabilidade social, situação consequente da covid-19. Por isso, o Olhar de Bia lançou a segunda edição do movimento de combate à fome e agora com uma meta ainda mais ambiciosa: Arrecadar 10.000 cestas básicas para garantir a sobrevivência de 50.000 pessoas.

Há 20 dias do lançamento da campanha, a organização já recebeu mais de 1.000 cestas básicas e conta com apoio de grandes empresários.

Como ajudar a combater a fome?

Doe através do link: https://linktr.ee/ongolhardebia

Dados bancários:

ASSOCIACAO OLHAR DE BIA

CNPJ: 21.154.254/0001-34

BANCO ITAÚ

PIX: [email protected]

AG: 7646

C/C: 41118-6

Associação Comunitária Jardim Vermelhão

O Projeto Cultural Pimenteiros e Pimenteiras do Vermelhão começou a ser desenvolvido em meados de 2012, em parceria com a Associação Comunitária do Jardim Vermelhão (Pimentas), parceiros/as e moradores/as do bairro. Através de atividades como exibições de filmes seguidas de discussões direcionadas, palestras, atividades lúdico-educativas, exposições, passeios para museus, apresentações/campeonatos de karatê, aulas de karatê, oficinas de artesanato ecológico etc., buscamos contribuir para o desenvolvimento do bairro (nas esferas individual e coletiva) e resgate de manifestações culturais de origem nordestina, perdidas ou “esquecidas” por muitos moradores do bairro (formado principalmente por pessoas de origem nordestina) após a vinda para o Estado de São Paulo. O projeto vem arrecadando cestas básicas para ajudar às pessoas em vulnerabilidade neste momento. Maiores informações através do Facebook Projeto Cultural Pimenteiros e Pimenteiras do Vermelhão.

ACISEG

O trabalho da Assistência Social é voltado à intervenção, identificada nos atendimentos. Principalmente apoio os indivíduos, e seus familiares, e a comunidade no enfrentamento de suas dificuldades, direitos violados por meio de serviços, benefícios, programas e projetos, ou seja, um direito de todo o cidadão. A Aciseg acolhe o usuário e trabalham a fim de minimiza os impactos causados pelo abuso de drogas, álcool, dentre outros, motivando-os para os tratamentos. Maiores informações (11) 9 8871-3433.

Projeto Manah – O pão da vida

O projeto realiza a entrega de cestas básicas para as famílias carentes. Os atendidos precisam de comida, fraldas, produtos de higiene pessoal, etc. Maiores informações através do Facebook Projeto Manah – O pão da vida.

Anjos da Rua

Realizam a ação de entregar alimentos e itens de higiene. Eles aceitam doações de alimentos (arroz, feijão, sal, açúcar, óleo, molho, café, bolacha, entre outros), e itens de higiene. Para doar, entre em contato pelo Instagram para combinar a entrega.

Bem da Madrugada

O projeto atua em prol da população em situação de rua. Para doações entrar em contato através do Instagram.