Circo Marambio dá início às gravações do Festival Maromomi

Neste final de semana, entre os dias 7 e 10 de maio, o Circo Marambio iniciará as gravações do Festival Maromomi, evento em homenagem à cultura local e ao povo originário Maromomi, que habitou Guarulhos há mais de 500 anos. O circo começou a ser montado no Jardim Ottawa há cerca de quinze dias e, agora, vive a expectativa para o início das gravações, seguindo todos os protocolos sanitários contra a covid-19. As gravações não são abertas ao público e serão transmitidas pelo YouTube e Facebook em meados de junho.

As atrações culturais do Festival Maromomi contam com apresentações de música, dança, feiras e exposições, e além das atrações do tradicional circo como trapézio, malabarismo e acrobacia também reúnem artistas das mais variadas linguagens, dentre os quais Thiago Gelli, Gabriel Souza, As Despejadas, Duo Dantas, Marcos Lira, entre outros, elenco selecionado por meio de chamamento online realizado pelo Circo Marambio em janeiro deste ano.

Realizado com recursos federais da Lei Aldir Blanc, por meio de edital do Fundo Municipal de Cultura de Guarulhos (FunCultura), o Festival Maromomi presta homenagem aos Guarus, etnia indígena que deu origem ao nome da cidade de Guarulhos, que ficou inclusive conhecida como Guarulhos e era chamada pelos portugueses de “gente andante”. Esse povo indígena é responsável pela construção histórica do território da cidade.

De acordo com Ramon Marambio, um dos idealizadores do projeto, essa é uma grande oportunidade de conhecer um pouco mais da cultura local, de nossos ancestrais e da arte circense.

Sobre o Circo Marambio

O Circo Marambio foi criado pelos irmãos Marambio, a quarta geração de artistas circenses da família a seguir os passos de seus pais. A dupla já se apresentou em diversas companhias no Brasil e pelo mundo. Donos de uma intensa relação com a cidade de Guarulhos como educadores e profissionais da cultura, os Marambio fazem apresentações na cidade desde a década de 1990 e já possibilitaram que dezenas de jovens oriundos da periferia se tornassem artistas circenses de sucesso.

Para saber mais acesse https://www.facebook.com/events/145401753891611/.