Empresário brasileiro gasta R$ 450 mil para vacinar família contra coronavírus nos EUA

Um empresário brasileiro gastou R$ 450 mil para vacinar a família contra a covid-19 nos EUA. O preço incluiu sete adultos e dois jovens, além de 15 dias no México para servir como quarentena imposta pelo governo americano.

“Eu tinha o dinheiro e me culparia eternamente se algo acontecesse com minha família porque não os levei para tomar a vacina”, afirmou à BBC News Brasil o dono de incorporadoras e imobiliárias com capital social declarado de mais de R$ 10 milhões – que não teve a identidade revelada.

Com apenas 18% da população imunizada com ao menos uma dose, o Brasil enfrenta uma escassez de insumos para produzir imunizantes tanto no Instituto Butantan (Coronavac) quanto na Fiocruz (Astrazeneca-Oxford).

O país também poderia já ter recebido mais lotes da vacina da Pfizer, mas, conforme relatou o ex-presidente da farmacêutica à CPI da Covid ao longo da última semana, a gestão Bolsonaro recusou seis ofertas de doses da Pfizer até fechar o primeiro contrato, apenas em março desse ano.