Lázaro, o ‘serial killer’ do DF, morre após ser capturado em Goiás

Lázaro Barbosa, de 32 anos, conhecido como “serial killer do DF”, morreu após ser capturado pela Polícia Civil de Goiás na manhã desta segunda-feira, 28. Ele é acusado, dentre outros crimes, de matar uma família de quatro pessoas no começo deste mês, em Ceilândia, no Distrito Federal.

O cerco policial para prendê-lo durou 20 dias e as buscas se concentraram na região de Cocalzinho de Goiás (GO), no entorno entre o Distrito Federal e Goiás, onde havia sido visto pela última vez. A Polícia Militar usou helicópteros, cães farejadores e contou com auxílio da Polícia Federal para capturá-lo.

Segundo agentes que acompanham as buscas, Lázaro conhecia bem a área, onde mora sua família, e tinha facilidade para se esconder na mata.