PM é preso em flagrante após matar jovem de 20 anos em Guarulhos

Um policial militar de folga atirou e matou uma jovem de 20 anos durante uma confraternização, em Guarulhos, na noite do último sábado (14). 

O policial, de 45 anos, participava da festa que ocorria na rua Flor da Serra, 468, no Bonsucesso. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Aos colegas de farda, o policial à paisana contou que a arma disparou de forma acidental e atingiu a cabeça da vítima. No entanto, a versão foi contestada por outras pessoas que participavam da confraternização e o agente foi preso.

Um boletim de ocorrência foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos, onde o policial e testemunhas prestaram esclarecimentos.

Após o depoimento, o policial foi levado à carceragem do presídio da Polícia Militar Romão Gomes, na Zona Norte de São Paulo.

O corpo de Karine Cristina Ramos foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarulhos, onde passou pelos exames necroscópicos e liberado à família, na manhã deste domingo (15).

Amigos fizeram arrecadações, nas redes sociais, para que pudessem arcar com as despesas do velório e sepultamento da jovem.

Karine será velada a partir das 8h de segunda-feira (16), no Cemitério Bonsucesso, na rua Dona Catarina de Jesus, 708, em Bonsucesso, Guarulhos. O sepultamento está previsto para às 11h, no mesmo local.

A ocorrência foi registrado no 7º DP de Guarulhos.