Faltosos e aptos para a 2ª dose podem aproveitar a véspera do feriado para se vacinar

Guarulhos tem registrado um alto número de faltosos da segunda dose contra a covid-19. Até esta quarta-feira (6) a cidade acumulava um total de 106.707 pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal, sendo 25.982 vacinados com a primeira dose de AstraZeneca, 24.891 com Coronavac e 55.834 com Pfizer. Na próxima segunda-feira (11), véspera de feriado, faltosos e aptos para a segunda dose terão a oportunidade de se imunizar na UBS mais próxima das 8h às 17h.

Os números de faltosos da segunda dose de Pfizer chama a atenção por totalizar mais do que o dobro dos que foram vacinados com outro imunizante. Isso porque com a antecipação do intervalo entre as aplicações das doses de Pfizer, reduzido de 12 para oito semanas, as pessoas têm perdido a data do aprazamento. Por isso é importante que estejam atentas à data da aplicação da primeira dose, anotada no cartão de vacinação. Após oito semanas (56 dias), todas as pessoas com 12 anos ou mais já podem se vacinar novamente. Quem tomou a primeira dose antes do dia 16 de agosto, por exemplo, já está apto a receber a segunda dose da Pfizer na segunda-feira.

Além disso, a vacinação da dose adicional contra a covid-19 também estará disponível para pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da saúde com mais de 35 anos que foram vacinados com dose única ou segunda dose há mais de seis meses, independentemente do imunizante.

Para a imunização todos devem apresentar cartão de vacinação (impresso ou digital), documento com foto, CPF, cartão SUS e comprovante de endereço. Além desses documentos, trabalhadores da saúde devem comprovar que atuam na área e menores de 18 anos devem levar o Termo de Assentimento, disponível na UBS ou em bit.ly/duvidasvacinagru, assinado por pais ou responsáveis.

Usuários das UBS também podem aproveitar a data para colocar as vacinas de rotina em dia, bem como para passar em consulta médica, realizar exame de Papanicolau ou testes rápidos para a detecção de HIV, sífilis e hepatite C. Tudo sem a necessidade de agendamento.