Coluna 35

Covid-19

Deu muito ruim a publicação da portaria em que o presidente da Câmara Municipal, vereador Fausto Miguel Martello, declarou suspensos os contratos de trabalho dos servidores que ainda não haviam comprovado a imunização contra a Covid-19. O problema, na verdade, não estava na portaria em si, mas na relação de nomes em que figuravam alguns vereadores. A chiadeira foi grande, muito grande. Afinal, os nobres edis sentiram-se desconfortáveis com a cobrança pública, que só ocorreu por conta de uma “relação não atualizada do setor de enfermagem”. Ao menos isso que foi dito em nota oficial. Mas, ao final, dos 137 nomes relacionados, 128 apresentaram a carteirinha e, os nove restantes, eram funcionários aposentados, exonerados ou em licença saúde.

Catedral municipal

Ao que parece, a nova sede da Câmara será uma daquelas obras intermináveis como as reformas das igrejas, que levam anos para serem finalizadas (por conta de doações). Na sessão do dia 20, o vereador Laércio Sandes (DEM) cobrou explicações sobre o fato de o Legislativo ainda estar em obras. Sandes argumentou que não se pintam as paredes das casas para depois rasgá-las para passar tubulação, referindo-se aos trabalhos em andamento no plenário. O vereador poderia solicitar à presidência o andamento de um pedido de instalação de Comissão de Inquérito, que foi protocolado no início deste ano, exatamente para dar essa resposta. A obra consumiu R$ 21 milhões, foi inaugurada em dezembro passado e ainda não está terminada. Só Jesus (Roque de Freitas) na causa. 

Tem de tudo

Nada de novo no mandato do novato Jorginho Mota. A exemplo de colegas mais antigos no cargo, o vereador tem divulgado nas redes sociais (com fotografia posada e tudo mais) a abertura de um espaço no Pimentas com vários serviços à população local. De psicoterapia a orientações jurídica e contábil, além de um espaço para reuniões. Nada que tenha efetivamente a ver com representar a sociedade no Legislativo. Enfim, o espaço pode ser considerado um museu de grandes novidades.

Taxa do lixo

Em 30 de setembro, no HOJE TV (programa diário, nas plataformas do Guarulhos Hoje), o prefeito Guti disse que sua equipe estudava uma redução da Taxa do Lixo. Com o forte apelo público, o prefeito vem se reunindo com vários setores da sociedade para encontrar o ponto de equilíbrio.