Imóvel usado de até R$ 300 mil é o mais vendido em Guarulhos

Imagem: Divulgação

Casas e apartamentos usados com preço de até R$ 300 mil foram os mais vendidos em outubro em Guarulhos e em outras oito cidades da região, segundo apurou pesquisa feita com 100 imobiliárias e corretores credenciados nesses municípios pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP).

Os imóveis enquadrados nessas faixas de preços representaram 69,77% das vendas efetivadas no mês mediante financiamento de bancos (79,25% do total), pagamento parcelado pelos proprietários (11,32%) e compra à vista (9,43%). Os compradores preferiram os apartamentos (66,67%) às casas (33,33%) e os imóveis com dois dormitórios – 74,07% dos apartamentos e 56,25% das casas têm esse perfil.

O percentual de vendas financiadas por bancos na região de Guarulhos é muito superior à média registrada no estado – em setembro, última pesquisa disponível, ela foi de 48,05%. “Municípios dessa fração Leste da Região Metropolitana da Capital liderada por Guarulhos têm uma Economia e renda per capita que dão suporte à obtenção de empréstimos em maior volume do que em outras regiões do Estado”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP.

Guarulhos, Mogi das Cruzes e Suzano são exemplos. A primeira tem Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 61,3 bilhões e per capita de R$ 46.257,00. O PIB de Mogi é R$ 15,38 bilhões e o pib per capita, de R$ 36.296,00. Suzano tem PIB de R$ 11,14 bilhões e per capita de R$ 39.080,00, segundo dados da Fundação Seade e do IBGE.

“Quem comprou imóvel com financiamento nessas cidades fez bom negócio pois conseguiu taxas de juros que ainda não foram totalmente afetadas pelo avanço da inflação”, diz Viana Neto. Ele recomenda a quem estiver pesquisando e avaliando a oportunidade de comprar um imóvel financiado que apresse a decisão, se possível, para este ano ainda: “As taxas de juros dos empréstimos bancários deverão subir ano que vem, acompanhando o movimento de alta da Selic, daí a importância de se abreviar a contratação”, explica.

O crédito imobiliário deve ficar mais caro em 2022 devido ao aumento da Selic e das taxas de juros de longo prazo, que devem voltar aos dois dígitos. Em setembro, segundo o Banco Central, os juros médios das operações de crédito ficaram em 7,42% ao ano.

Periferia e centro

A pesquisa do Creci-SP com as 100 imobiliárias das nove cidades da região de Guarulhos apurou que houve em outubro uma divisão quase igualitária na distribuição geográfica dos imóveis usados vendidos por elas: 43,28% são de bairros de periferia e 41,79% de bairros centrais. Outros 14,93% estão situados em bairros nobres.

A maioria desses imóveis tem padrão construtivo médio (46,51%), pouco acima dos de padrão standard (41,86%). O segmento de luxo respondeu por 11,63% das vendas.

Os apartamentos mais vendidos foram os de dois dormitórios, com 74,07% do total, seguidos pelos de três dormitórios (14,81%) e de um dormitório (11,11%). A área útil da maioria tem até 50 metros quadrados (66,67%), outros 29,63% têm entre 51 e 100 m2 e 3,7% entre 101 e 200 m2. Têm uma vaga de garagem 86,96% e duas vagas, 13,04%.

Segundo a pesquisa Creci-SP, além das casas de dois dormitórios (56,25% do total), foram vendidas residências de três quartos (37,55%) e de quatro (6,25%) com área útil variando de 101 a 200 metros quadrados (62,5%), de 51 a 100 m2 (18,75%), de 201 a 300 m2 (6,25%) e de até 50 m2 (6,25%). Têm duas vagas de garagem 56,25% delas, uma vaga 25%, três vagas 12,5% e quatro vagas 6,25%.

Imóvel mais alugado

custa até R$ 1.250,00

A maioria dos novos contratos de locação assinados em outubro em Guarulhos e outras oito cidades da região foi de imóveis com aluguel mensal de até R$ 1.250,00, com 68,97% do total.

Segundo a pesquisa Creci-SP, a preferência desses novos inquilinos recaiu sobre as casas (88,57%), ficando os apartamentos com os restantes 11,43%.

São de bairros de periferia 52% dessas novas locações; outras 24% são de imóveis de bairros centrais, mesmo percentual dos de bairros nobres. Têm padrão construtivo standard 56,25% e médio, 43,75%.

As casas de dois dormitórios foram as mais alugadas (52%), seguidas pelas de um dormitório (24%), três dormitórios (20%) e quatro dormitórios (4%). Elas têm, na maioria, entre 51 e 100 metros quadrados (48%), e uma vaga de garagem (48%).

No segmento de apartamentos, todos têm dois dormitórios e área útil entre 51 e 100 metros quadrados. Metade das unidades alugadas tem uma vaga de garagem, 25% têm duas vagas e 25% não têm vaga.

A pesquisa Creci-SP foi feita nas cidades de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Poá, Suzano.       

Faixa de preço médiaPercentual
Até R$ 100 mil0,00%
De R$ 101 a R$ 200 mil25,58%
De R$ 201 a R$ 300 mil44,19%
De R$ 301 a R$ 400 mil9,30%
De R$ 401 a R$ 500 mil4,65%
De R$ 501 a R$ 600 mil4,65%
De R$ 601 a R$ 700 mil2,33%
De R$ 701 a R$ 800 mil2,33%
De R$ 801 a R$ 900 mil4,65%
De R$ 901 a R$ 1 milhão0,00%
Acima de R$ 1 milhão2,33%
ModalidadePercentual
À Vista9,43%
Financiamento CAIXA52,83%
Financiamento Outros Bancos26,42%
Direto com Proprietário11,32%
Consórcios0,00%
RegiãoPercentual
CENTRAL41,79%
NOBRE14,93%
DEMAIS REGIÕES43,28%
TipoPercentual
LUXO11,63%
MÉDIO46,51%
STANDARD41,86%

Casas Vendidas

DormitóriosPercentual
1 Dorm.0,00%
2 Dorm.56,25%
3 Dorm.37,50%
4 Dorm.6,25%
5 ou mais Dorm.0,00%
Vagas de garagemPercentual
Sem vaga0,00%
1 vaga25,00%
2 vagas56,25%
3 vagas12,50%
4 vagas6,25%
5 ou mais vagas0,00%
Área útilPercentual
1 a 50 m²6,25%
51 a 100 m²18,75%
101 a 200 m²62,50%
201 a 300 m²6,25%
301 a 400 m²0,00%
401 a 500 m²0,00%
acima de 500 m²6,25%

Apartamentos Vendidos

DormitóriosPercentual
Quitinete0,00%
1 Dorm.11,11%
2 Dorm.74,07%
3 Dorm.14,81%
4 Dorm.0,00%
5 ou mais Dorm.0,00%
Vagas de garagemPercentual
Sem vaga0,00%
1 vaga86,96%
2 vagas13,04%
3 vagas0,00%
4 vagas0,00%
5 ou mais vagas0,00%
Área útilPercentual
1 a 50 m²66,67%
51 a 100 m²29,63%
101 a 200 m²3,70%
201 a 300 m²0,00%
301 a 400 m²0,00%
401 a 500 m²0,00%
acima de 500 m²0,00%

Locações em Outubro na região de GUARULHOS

VALOR ALUGUELPercentual
até 5003,45%
501 a 75017,24%
751 a 1.00020,69%
1.001 a 1.25027,59%
1.251 a 1.50013,79%
1.501 a 1.75013,79%
1.751 a 2.0000,00%
2.001 a 2.5000,00%
2.501 a 3.0000,00%
3.001 a 4.0000,00%
Acima de R$ 4.0003,45%
RegiãoPercentual
CENTRAL24,00%
NOBRE24,00%
DEMAIS REGIÕES52,00%
TipoPercentual
LUXO0,00%
MÉDIO43,75%
STANDARD56,25%

Casas Alugadas

DormitóriosPercentual
Quitinete0,00%
1 Dorm.24,00%
2 Dorm.52,00%
3 Dorm.20,00%
4 Dorm.4,00%
5 ou mais Dorm.0,00%
Vagas de garagemPercentual
Sem vaga32,00%
1 vaga48,00%
2 vagas16,00%
3 vagas4,00%
4 vagas0,00%
5 ou mais vagas0,00%
Área útilPercentual
1 a 50 m²28,00%
51 a 100 m²48,00%
101 a 200 m²4,00%
201 a 300 m²16,00%
301 a 400 m²0,00%
401 a 500 m²4,00%
acima de 500 m²0,00%

Apartamentos Alugados

DormitóriosPercentual
Quitinete0,00%
1 Dorm.0,00%
2 Dorm.100,00%
3 Dorm.0,00%
4 Dorm.0,00%
5 ou mais Dorm.0,00%
Vagas de garagemPercentual
Sem vaga25,00%
1 vaga50,00%
2 vagas25,00%
3 vagas0,00%
4 vagas0,00%
5 ou mais vagas0,00%
Área útilPercentual
1 a 50 m²0,00%
51 a 100 m²100,00%
101 a 200 m²0,00%
201 a 300 m²0,00%
301 a 400 m²0,00%
401 a 500 m²0,00%
acima de 500 m²0,00%