Fórum de Direitos Humanos termina nesta sexta-feira

Fotos: Fábio Nunes Teixeira/PMG

O Adamastor recebe nesta sexta-feira (10) o 3º Fórum de Direitos Humanos de Guarulhos, encontro que acontece anualmente em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos e que busca trazer a sociedade civil para se juntar às discussões que contribuem para a formulação de políticas públicas na cidade. O evento da Prefeitura começou às 9h da manhã, seguirá até as 21h e ainda aceita participações, basta comparecer ao local. O evento conta também com interprete de libras.

Para o vice-prefeito Professor Jesus, que representou o prefeito Guti nesta manhã no fórum, discutir direitos humanos significa falar sobre o direito à vida. “Da criança ao adulto, precisamos trabalhar a questão da humanidade em todos os públicos. A conscientização sobre o tema é fundamental para que a população saiba quais são os seus direitos e principalmente onde buscar ajuda”, afirmou.

A atividade integra a 1ª Semana dos Direitos Humanos de Guarulhos, que reúne centenas de pessoas e ressalta a importância da participação popular para a construção das políticas públicas de direitos humanos, que na cidade englobam as subsecretarias de Juventude, Mulheres, Idosos, Igualdade Racial, Diversidade e Acessibilidade e Inclusão.

“Todas as ações da administração pública, em qualquer de suas esferas, têm como finalidade a garantia de direitos da população. Aqui também batalhamos por isso, para que cada vez mais as minorias tenham seu lugar, ocupando dignamente todos os espaços”, disse Abdo Mazloum, secretário de Direitos Humanos.

O assunto já é abordado nas escolas municipais, pois integra o currículo de saberes necessários para os alunos. Fábia Costa, secretária-adjunta de Educação, afirma que é um assunto rico para as crianças, pois engrandece e dá autonomia. “Acreditamos que esse conhecimento deve acontecer desde o começo da vida. Quando a criança se apropria disso, ela aprende a ter respeito por si e pelo outro, aprende a lutar por si e pelo outro”, disse.

Programação

13h às 17h: Projeção de vídeos produzidos pelos alunos da EJA sobre direitos humanos – Diálogo em Rede (novembro)

14h às 16h: Discussão nas salas temáticas

16h: Intervalo

16h30 às 17h: Plenária de socialização das discussões

19h às 19h30: Homenagem: Mulher Empoderada

Apresentação Mulheres que Cantam – coordenadora: Aline Rissuto

19h30 às 21h: Discussão nas salas temáticas

Temas

1. Formações para Melhor Atendimento de Pessoas com Deficiência – Subsecretaria de Acessibilidade e Inclusão/SDH e Secretaria de Educação;

2. Políticas Públicas para uma Cidade Antirracista – Subsecretaria da Igualdade Racial/SDH e Secretaria de Educação;

3. Juventudes e as Políticas Públicas – Subsecretaria da Juventude/SDH e Secretaria de Educação;

4. LGBTQIA+ e ações Afirmativas para Equidade – Subsecretaria de Políticas para a Diversidade/SDH e Secretaria de Educação;

5. Aspectos Psicológicos e Sociais da Pessoa Idosa no Município – Subsecretaria de Políticas para a Pessoa Idosa/SDH e Secretaria de Educação;

6. 16+5 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher e Campanha do Laço Branco – Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e Secretaria de Educação;

7. Criança Feliz: seus Direitos e a Cidade – Fórum Infantil – Secretaria de Educação;

8. Eu tenho direito à proteção: Rede Intersetorial “Guarulhos – Cidade que Protege” – Docentes – Secretaria de Educação

9. Eu tenho direito à proteção: Rede Intersetorial – “Guarulhos Cidade que Protege” – Docentes – Secretaria de Educação

10. Adolescentes, jovens e adultos: Cidadania e Direitos Humanos nos espaços da Cidade – Fórum da EJA e Secretaria de Educação