Alckmin se desfilia do PSDB depois de 33 anos de militância

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin anunciou nesta quarta-feira (15) sua saída do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) após mais de 33 anos na sigla.

“É um novo tempo! É tempo de mudança! Nesses mais de 33 anos e meio de trajetória no PSDB procurei dar o melhor de mim. Um soldado sempre pronto para combater o bom combate com entusiasmo e lealdade. Agora, chegou a hora da despedida. Hora de traçar um novo caminho”, afirmou no Twitter.

Alckmin agradeceu aos companheiros do partido e disse que “foram importantes nessa travessia”. “Jamais esqueci a lição do meu pai. Respeito às pessoas, lealdade aos princípios e firmeza de caráter. Só com esses valores é possível construir uma vida pública decente.”

O ex-governador não afirmou se irá se filiar a um novo partido. No anúncio, Alckmin disse apenas que “anunciará os próximos passos em breve.” “Valeu cada obstáculo vencido, cada momento vivido, cada conquista feita. Em breve, anunciarei meus próximos passos. Um forte abraço a todos e meu muito obrigado!”, escreveu.