Serra Negra oferece roteiros para todos os gostos

Foto: Miguel Schincariol/Flicker

Que tal incluir o município de Serra Negra no seu roteiro de viagem? Se você quer viajar – mas ainda não sabe que destino seguir – a cidade é uma excelente opção. Com uma boa e bem estruturada rede de hotéis, Serra Negra encanta qualquer tipo de turista – desde os amantes da natureza que vão em busca de cachoeiras e trilhas para a prática de esportes de aventura, como pelos casais e até famílias com crianças que buscam contato com a natureza.

Rodeada por montanhas da Serra do Mar, a cidade que fica a 927 metros de altitude, tem vegetação exuberante e clima agradável com temperaturas amenas. O inverno é a época em que o movimento dos turistas aumenta, atraídos pelos artigos de malha e couro. Para os aventureiros de plantão não existe um período específico: durante o ano todo podem ser praticados esportes radicais e o turismo rural.

Localizada na Serra da Mantiqueira, Serra Negra ganhou o nome de Cidade de Saúde graças à qualidade comprovada de suas águas terapêuticas. As propriedades medicinais foram detectadas pela primeira vez em 1928. Os altos níveis de radiação natural na água são benéficos ao organismo e indicados pra tratamento de doenças musculares, reumatismo, problemas de pele e relaxamento.

O Parque das Fontes, no coração da cidade, preserva duas fontes de águas medicinais: a fonte dos Italianos e a fonte São Carlos. Ao todo, existem dez fontes de água radioativa – a maioria no centro urbano.

Em Serra Negra, você poderá fazer um passeio de teleférico que leva ao principal ponto turístico da cidade, o Cristo Redentor – uma estátua com 18 metros de altura. Ainda na área urbana, outra dica é a Disneylândia dos Robôs, onde podem ser encontrados robôs feitos de sucatas que se mexem por meio da interação com visitantes. As máquinas vão desde miniaturas até gigantes com quase dois metros de altura.

Outra sugestão é conhecer as igrejas Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito. A primeira é uma antiga capela da cidade que deu lugar à matriz em 1916.  Foi reformada nos anos 60 para manter seu estilo arquitetônico Toscano-Lombardo. As pinturas murais de quadros sacros são obras do professor Pedro Nardi e dos irmãos Bastiglia. A igreja São Benedito é mais nova: foi construída em 1910. A pintura foi feita pelo artista da cidade, Cid Serra Negra, no estilo-barroco impressionista.

Se optar pelo turismo rural, você poderá visitar propriedades que desenvolvem o plantio do café e cultivo de diversos produtos orgânicos, além da fabricação de vinhos e queijos. Se quiser tomar um banho de cachoeira, a dica é a Cachoeira dos Sonhos. Embora seja propriedade particular, é aberta ao público. O local conta com quatro piscinas de nascente e queda d’água, trilha ecológica com escalada até o topo das cachoeiras. É ideal para passar o dia, descansando e saboreando porções servidas na lanchonete instalada em uma grande varanda.

Visite também o parque represa Dr. Jovino Silveira, uma área de lazer onde está localizada a fonte Nossa Senhora de Lourdes. O local é muito procurado por aqueles que gostam de observar pássaros e pelos praticantes do trekking.

- PUBLICIDADE -