DHPP prende quatro envolvidos em furtos de veículos na imediação do Allianz Parque

Foto: Ciete Silvério/Governo do Estado de SP

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), prendeu quatro envolvidos nos furtos de oito veículos, ocorridos na imediação do estádio Allianz Parque, durante eventos ocorridos nos dias 3 e 5 deste mês. As detenções foram realizadas na manhã desta segunda-feira (25). Na ação, um automóvel foi recuperado.
Para praticar os crimes, o grupo montou falsos estacionamentos em dois endereços diferentes. Com isso, furtaram dois veículos de luxo no dia em que o estádio recebia a final de um campeonato de futebol e outros seis carros de alto valor durante um show musical.
“Uma pessoa compareceu pessoalmente e informou que tinha informações sobre os crimes. De posse desses dados, nós realizamos os trabalhos pertinentes de Polícia Judiciária, com aprofundamento e técnicas de investigação, e acesso aos sistemas policiais. Com isso, conseguimos identificar cinco indivíduos que atuaram diretamente nos dois eventos criminosos”, explicou o delegado titular da 3º Delegacia de Proteção à Pessoa, Rodrigo Corrêa Baptista.
Ainda de acordo com o delegado, diante da iminência desses suspeitos voltarem a cometer os mesmos delitos, os fatos foram informados ao Poder Judiciário, sendo representado pela prisão temporária dos cinco autores e de busca e apreensão para seis endereços. 
Com autorização da Justiça, as ordens judiciais foram cumpridas, resultando no encontro de quatro envolvidos e na recuperação de um dos veículos subtraídos.
“Agora, serão feitos os interrogatórios para prosseguimento das investigações a fim de verificar se há mais envolvidos e a motivação do crime, bem como para localizar os outros veículos furtados”, destacou o delegado titular da Divisão de Proteção à Pessoa, Jorge Carlos Carrasco. 
Cuidado!
Para evitar a ação de criminosos com esse perfil, a Polícia Civil orienta que os condutores sempre façam buscas pelo nome do estabelecimento a fim de verificar se a empresa realmente existe e se há uma Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), por exemplo. Outra dica é observar a estrutura do local.

- PUBLICIDADE -