Projeto de vereadora vai levar informação sobre prevenção e combate ao câncer de ovário para população de Guarulhos

Com o projeto que institui a política de prevenção e combate ao câncer de ovário em Guarulhos, aprovado durante a sessão da Câmara desta segunda-feira (20), a vereadora Karina Soltur (PSD), quer levar informação sobre a doença para as mulheres da cidade. A proposta visa a prevenção da doença através de informação de qualidade e do conhecimento dos sintomas e cuidados.

“Nós criamos o projeto quando a atriz Eva Wilma faleceu de câncer no ovário. Ela foi uma mulher bem instruída, que tinha todas as condições de se tratar, mas a informação era pouca, então eu quero levar informação de qualidade para a população de Guarulhos. Eu sei que as mulheres têm dificuldade e vergonha de procurar ajuda médica, e esse projeto é justamente para mostrar à elas que a prevenção e o diagnóstico precoce ajuda muito”, disse a vereadora.   

Com a pandemia de covid-19 e o início da vacinação contra a doença, Karina foi responsável também pela criação do projeto de lei que incluiu portadores de doenças crônicas, deficiência, acompanhantes e pessoas em tratamento de hemodiálise ao grupo prioritário. “Naquele tempo, quando começavam as vacinações, eles não poderiam ser vacinados com prioridade. Para esse projeto, nós tivemos reuniões com a Apae e, com a aprovação, eles foram incluídos nesse grupo prioritário junto as pessoas em tratamento de hemodiálise. Hoje a vacinação está muito avançada, mas com a aprovação do texto, isso vai ser constante, então, teremos assegurado que esses grupos serão sempre prioridade”, explicou.

Empresária, formada em Administração de Gestão Pública de RH e estudante de Pedagogia, Karina está em seu segundo mandato como vereadora. Se lançou na política pela primeira vez em 2016, eleita em Bom Jesus dos Perdões, onde foi presidente da Câmara Municipal por um biênio. Em Guarulhos, cumpre seu primeiro mandato como vereadora, eleita em 2020, com 6.525 votos, sendo a segunda mulher mais bem votada. Karina luta pela igualdade feminina, com foco nas mulheres, crianças e animais.

Incentivadora da Farmácia Popular, é responsável pelo projeto que visa desafogar as farmácias das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade através de receitas médicas com prazos maiores, em tramitação na Casa de Leis. Na área da saúde, é também criadora do projeto que fornece o cartão de vacinação em braile para pessoas com deficiência visual, com veto derrubado no Legislativo.

Esposa há 20 anos do ex-vereador Eduardo Soltur, Karina é mãe de dois filhos – Zé Eduardo, 17, e Manu, 10.

- PUBLICIDADE -