Festival do Japão reúne público apaixonado pela cultura japonesa em SP

Foto: Divulgação

O maior festival de cultura japonesa está de volta! O 23º Festival do Japão será realizado nos dias 15, 16 e 17 de julho de 2022, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo.

Nesses três dias, seguindo todos os protocolos determinados pelas autoridades e contando com a orientação de um conselho formado por especialistas, o evento vai oferecer shows musicais, atrações culturais, danças típicas, culinária regional tradicional das províncias japonesas, exposições culturais, workshops, ikebana, cerimônia do chá e atividades gratuitas para as crianças, jovens, adultos e idosos, com toda segurança, conforto e qualidade.

Organizado pela KENREN, a Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil, desde 1998, o evento chega à sua 23ª edição, mantendo o objetivo de preservar e divulgar a cultura japonesa e transmitir as tradições para as novas gerações, representando as 47 províncias que compõem o Japão.

Neste ano, o tema do evento será “Do Sonho à Realidade”, simbolizando a superação de todas as dificuldades e obstáculos, nestes dois anos de pandemia da Covid-19.

“Devido a pandemia, há dois anos não realizamos o Festival do Japão, e analisando as participações dos visitantes em outros eventos ocorridos recentemente, com clara demonstração de retomada de eventos, acreditamos que teremos um público superior a 100 mil visitantes nos três dias do 23º Festival do Japão, trazendo benefícios aos nossos patrocinadores e à comunidade”, resume o presidente da Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil, Toshio Ichikawa.

Gastronomia das províncias

A realização do Festival do Japão auxilia na manutenção das 47 associações de províncias (kenjinkais) e de 07 entidades beneficentes da comunidade nipo-brasileira. O evento não tem fins lucrativos, e é organizado por mais de 15.000 voluntários.

Um dos principais destaques do Festival é a Praça de Gastronomia, com 44 estandes representando a culinária típica de cada região do Japão, com receitas familiares, muitas vezes desconhecidas até pelos restaurantes japoneses.

Novidades para 2022

Uma novidade para este ano são as promoções, com desconto para entrada na sexta-feira (15); entrada após às 14 horas; passaporte (ingresso válido para os 3 dias do evento) e os combos família, para 3 e 5 adultos com valor promocional, recomendados para famílias e grupos de amigos.

“Tudo indica que o evento será um sucesso, para a alegria de todos. Neste ano o Festival disponibilizará a venda de ingressos antecipados pela Internet, com desconto, o que facilitará muito, evitando as longas filas para aquisição de ingressos nas bilheterias. Ainda há ingressos combos para famílias, que também são vantajosos, pela sua economia e praticidade. Convidamos a todos, e principalmente a você que ainda não conhece o Festival do Japão, o maior evento cultural japonês fora do Japão, a visitar o nosso evento”, convida o presidente da comissão organizadora do 23º Festival do Japão, sr. José Taniguti.

Lembrando que o Festival do Japão oferece entrada gratuita para crianças até 08 anos, mulheres acima de 60 anos e homens acima de 65 anos, e meia-entrada para estudantes, professores da rede pública e homens entre 60 a 65 anos, com acesso permitido somente com apresentação de documento de comprovação original.

Confira as principais atrações do Festival do Japão:

Culinárias típicas regionais – representando as 47 províncias do Japão

Cultura – oficinas, workshops e demonstrações culturais abertas ao público

Exposições – ikebana, cerimônia do chá

Shows – música, shows, teatro, bon odori, danças folclóricas e taiko (tambores)

Artes Marciais – demonstrações e workshops das principais escolas

Área das Crianças – oficinas gratuitas de cultura e recreação

Área da Terceira Idade – atividades culturais e práticas para vida saudável

Miss Nikkey Brasil – final nacional com representantes de todo Brasil

Cosplay – Akiba Cosplay Summit, reunindo os melhores cosplayers do País

#FJTAON – espaço para imersão na cultura digital

- PUBLICIDADE -