Acusado de assassinar ex-esposa no bairro Água Chata, é preso no Paraguai

O 4º DP de Guarulhos, que comanda as investigações sobre o caso, obteve informações sobre o paradeiro de Israel Higino Serafim de Moraes, que estava no Paraguai. Ao saber, a polícia entrou em contato com a polícia nacional paraguaia, que prendeu Israel, localizado na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Israel seria acusado de matar e carbonizar o corpo de sua ex-mulher, Michele, que foi encontrado dois dias após o seu sumiço em abril. O corpo foi encontrado carbonizado,  no bairro Água Chata, dentro de um carro.

Michele e Israel tiveram dois filhos, e o acusado está agora na carceragem da Polícia Federal, localizada na Ponte da Amizade.

Reportagem: Ulisses Carvalho

Foto: Reprodução