Policial civil é suspeito de estuprar três adolescentes

O policial civil Cláudio Luis Lurky é suspeito de estuprar três adolescentes, dentre eles, o próprio filho, em Guarulhos. A Corregedoria da Polícia Civil acatou a denúncia de um Policial Militar e está investigando o caso com base em três boletins de ocorrência registrados contra o agente. O nome do denunciante não foi divulgado.

Segundo o boletim, em setembro do ano passado, o filho do policial, de 18 anos, foi baleado por Lurky por querer denunciar a polícia o abuso sofrido em casa.  A segunda ocorrência aconteceu em 2007, quando um garoto roubou a viatura do suspeito, bateu o automóvel e afirmou à polícia que era abusado pelo policial.

Existe um terceiro caso registrado há cerca de uma semana. Um adolescente relatou que Lurky oferecia dinheiro todas as vezes que o abusava. A mãe do menino foi ao 1° DP (Centro) para informar que o policial não foi preso e, desde o registro do boletim, o suspeito ronda a casa da família constantemente, além de ameaça-los.