Habitação não deve entregar 40% das unidades do Minha Casa, Minha Vida

A Secretaria de Habitação deve deixar de entregar 40% das unidades contratadas através do programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo a pasta há um total de 13.378 moradias de interesse social contratadas na cidade, das quais 8.486 já foram construídas, entre entregues e sorteadas. Dessa forma 4.892 unidades não serão entregues até o final deste ano.

A quantidade está aquém da estimativa inicial da secretaria que era de entregar até o final deste ano 15 mil unidades habitacionais para a faixa salarial de zero a três salários mínimos. “Esse é, sem dúvida, o maior programa habitacional da história do País e um dos maiores em funcionamento no mundo”, afirmou o secretário Orlando Fantazzini há dois meses durante sorteio de unidades.

A Caixa Econômica Federal estima que mais de 4,2 milhões de moradias já foram contratadas pelo “Minha Casa, Minha Vida” no país em todas as faixas de renda. Desse total, 30 mil unidades estão somente em Guarulhos.

Ainda assim, somente no mês de maio a prefeitura contabilizou a entrega de cerca de três mil apartamentos. Dentre eles foram entregues os residenciais Lavras (1.460), Nelson Rodrigues (215), Alta Vista (167), Dunas (345), Brisas (219) e Parque das Aldeias (840). Os apartamentos têm sala, cozinha, banheiro, área de serviço e dois quartos. Todas as unidades já estão sendo entregues com acabamento como piso, tanque, pia na cozinha e banheiro, entre outras benfeitorias.