A greve dos professores já dura cinco dias, e até o momento, a Prefeitura não se pronunciou, e agora os próximos a entrar em greve podem ser os agentes de trânsito, que alegam falta de condições de segurança e melhor estrutura de trabalho.

São apenas 100 agentes para uma frota de 700 mil veículos. Os agentes cobram a questão de coletes, as rodagens das viaturas e que o município se adeque a estrutura do Sistema Nacional de Trânsito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here