Time de futebol feminino completa um ano sem apoio financeiro

O Guarulhos Futebol Feminino é um projeto criado pelo professor Washington Pereira, treinador das categorias menores da AD Guarulhos, começou desenvolvendo um trabalho na rede estadual até iniciar este projeto em julho de 2015, utilizando como treinamento, o campo localizado no bairro do Parque Cecap.

IMG-20160804-WA0012Neste um ano de trabalho, a equipe conta com 28 atletas, com idades entre 12 e 17 anos. Começou a jogar dois torneios de futebol feminino neste ano, sendo o primeiro, a Taça Cidade de São Paulo, no qual jogam nos próximos dias 20 e 27 de agosto, e a Copa São Paulo da Associação Paulista.

Apenas a equipe sub17 está nos dois torneios, em um projeto que possui toda a sua estrutura de trabalho bancado pelo professor Washington, que conta com duas assistentes, Amanda Santos, de apenas 20 anos, cuidando do departamento pessoal do clube e auxiliando nos treinamentos, além de Fernanda, no departamento de marketing, com o objetivo de buscar parceiros.

A auxiliar Amanda, ex-atleta, conversou com o HOJE a respeito do projeto. “A cidade possui muitas meninas interessadas na modalidade, mas logo desistem por falta de estrutura ou de oportunidade. Nossa intenção é fomentar a prática da modalidade na cidade e criar oportunidade para essas meninas”, concluiu Amanda.

O treinador Washington, que já trabalha há seis anos nas categorias de base da AD Guarulhos, passou também por Grêmio Osasco, e diz que preparou as meninas com meses de treinamento e 11 dias de treinamentos intensivos no mês de julho, mas tem um grande problema para o campeonato, o custo e as logísticas da viagem.

“Pela taxa de arbitragem e da competição, teremos um custo mensal entre R$ 2 e 2500 reais, além de contar com uma logística que terei de montar, já que além da grande parte dos jogos ser em São Paulo, teremos uma partida em Peruíbe, cuja distância é duas horas, sendo assim, teremos que estudar a possibilidade para viajar antes, acumulando gastos com estadia e alimentação”, disse Washington.

O projeto até o momento possui a colaboração de dois pais, Geraldo Magela e Fernanda Miranda, que auxiliam nas despesas, já que algumas meninas não possuem condições para pagar. Para conseguir um patrocinador, a equipe possui um plano de marketing e um projeto em mãos para apresentar aos possíveis patrocinadores.

Para conhecer mais sobre a equipe, acesse a paginado Guarulhos Futebol Feminino pelo Facebook:

https://www.facebook.com/guarulhosfutebolfeminino/

Reportagem: Ulisses Carvalho