Os bancários em todo o Brasil entrarão em greve a partir na próxima terça-feira (6), por tempo indeterminado e as agências bancárias de Guarulhos serão afetadas, segundo o Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região.
A categoria rejeitou a proposta em deliberação unanime na assembleia do sindicato na última quinta-feira (1°). A sugestão apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu reajuste em 6,5% nos salários e benefícios, acrescido de um abono de R$ 3 mil, a ser pago de uma só vez.

As principais reivindicações da categoria são reajuste salarial de 14,78%, dos quais 5% de aumento e 9,31% de reposição da inflação e melhoria geral das condições de trabalho.
Segundo o sindicato, a responsabilidade pelos bancários aderirem à greve é pela falta de compromisso dos banqueiros em resolver os impasses na mesa de negociação. Eles afirmam que após quatro rodadas de negociação, ofereceram índice de reajuste abaixo da inflação.

A assessoria de imprensa do sindicato disse que o processo da precarização dos serviços, seja no caso da redução de agências, quanto na falta de funcionários para atender de forma digna a população, não decorre do atual processo de greve, mas “é uma realidade cotidiana da população decorrente da falta de investimento no setor”.
A Fenaban, disse em nota, que tem à sua disposição uma série de canais alternativos para realizar transações financeiras, como os caixas eletrônicos, internet banking, o aplicativo do banco no celular (mobile banking) e operações bancárias por telefone.

Reportagem: Leticia Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here