Greve dos bancários se concentra em agências da região central da cidade

A greve dos bancários se concentrou em agências do centro da cidade em seu primeiro dia. Segundo o Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Região, 22 estabelecimentos com cerca de 500 funcionários paralisaram os trabalhos nesta terça-feira (6). Agora a intenção do sindicato é que nos próximos dias mais agências da cidade juntem-se ao ato.

A paralisação foi anunciada semana passada após os bancos tentarem negociação com os sindicatos e ofereceram uma proposta com o aumento de 6,5%, junto a um abono de R$ 3.000, no entanto, a categoria rejeitou a proposta e começou a greve que, até o momento, não possui prazo para acabar.

Com a paralisação veio as filas nas agências. A reportagem do HOJE esteve nos principais bancos de Centro e constatou um grande acumulo de pessoas. “Não sabia que teria greve, porém preciso resolver um problema com minha conta e me orientaram a ficar aqui nesta fila”, comentou a enfermeira Carla de Souza, de 32 anos.
Já o aposentado Francisco de Paiva, 72, acha que o ato só prejudica os usuários dos bancos. “Claro que todos devem lutar por melhores condições, mas acho que eles deveriam pensar no povo às vezes” declarou.

A última greve dos bancários ocorreu em outubro de 2015 e durou 21 dias, com a categoria conseguindo um aumento de 11%. Os bancários exigiram reajuste salarial com o objetivo que corrija a inflação do período, 9,57%, além de vale alimentação, auxilio creche e aumento na participação dos lucros.

Reportagem: Gustavo Druzian
Foto: Ivanildo Porto