Risco de deslizamento de terra preocupa moradores no Pimentas

Os moradores da rua Diomar Ackel, na região do Pimentas, estão preocupados com a ameaça de deslizamento de terra de um morro que fica atrás de casas no bairro. Eles alegam que a Prefeitura de Guarulhos já foi avisada sobre o problema, no entanto, ainda não tomaram nenhuma providência.

“Eu já fiz até um projeto sobre o perigo que o local representa e a administração municipal me informou que não tem verba para realizar os ajustes necessários no bairro. O grande perigo acontece quando chove”, segundo o aposentado e conselheiro municipal do orçamento participativo da cidade, Izael Caetano, de 59 anos.

Para a ajudante de limpeza, Maria Cristina Rodrigues, de 36 anos, a prefeitura nem foi ao local para recolher o lixo que acumula nas encostas do morro. “A prefeitura não passa aqui para retirar esse entulho, onde acumula animais mortos. O cheiro é terrível”, afirmou.
Ela diz que o problema ocorre há mais de um ano. Os moradores temem uma tragédia na via. “Esse morro precisa de uma avaliação da Defesa Civil, pois tem grande risco de deslizamento e os moradores estão com muito medo”, explicou a moradora Taís Oliveira.

Em nota, a pasta informou que apenas uma pessoa reclamou sobre deslizamento e queda de muro na referida rua no dia 14 março. Para atender o chamado, a prefeitura enviou um engenheiro ao local e orientou a moradora a reconstruir um muro de arrimo, com instalação de sistema de drenagem para águas pluviais.
De acordo com a avaliação do engenheiro, não havia risco iminente para as moradias. Durante as chuvas na cidade, a Defesa Civil já registrou, desde o início do ano até às 15h da última terça-feira (6), um desaparecido e uma morte em enchentes.

Reportagem: Leticia Lopes