Projeto Radar recuperou 247 veículos roubados em Guarulhos

Desde o início do programa na cidade, em junho de 2014, o Projeto Radar recuperou 247 veículos em Guarulhos. Segundo o capitão da Polícia Militar, Douglas Shoichi, somente neste ano foram 96 veículos recuperados.

O projeto utiliza os radares leitores de placas, originalmente usados para multar, e cruza essas placas com os bancos de dados das polícias Militar e Civil, além do Ministério da Justiça. Os radares utilizados no programa são cedidos à polícia pelas prefeituras e concessionárias de rodovia.
A Secretaria de Transportes e Trânsito (STT) mantém os equipamentos leitores de placas instalados nas principais vias da cidade, e a Policia Militar, através do Copom, atualiza o cadastro de todas as ocorrências policiais que estão em andamento. A troca de informações se dá através da Central de Inteligência Integrada de Guarulhos (CIIG), que faz todo monitoramento do sistema eletrônico. Assim todo veículo que trafega na cidade é acompanhado e em caso de infração fiscalizado. Um dos exemplos ocorreu nesta semana quando um automóvel furtado na zona leste da capital foi recuperado em Guarulhos com auxílio das câmeras.

Guarulhos foi pioneira no projeto que utiliza os 190 radares instalados na cidade. O sistema identifica, através das 75 câmeras instadas nos principais cruzamentos, os veículos nessa situação e a PM é avisada em 3 segundos. Os casos que não resultam em apreensão, são utilizados para a elaboração de relatórios analíticos de mapeamento da rota entre o local de desaparecimento e o último local com informação.
A fiscalização também conta com um sistema móvel: a van de monitoramento remoto. O veículo conta com uma câmera de 360° auxiliando no monitoramento do veículo em movimento, sendo que seu alcance chega a 400 metros do ponto de origem.