Campanha já imunizou 20 mil crianças e adolescentes no prazo de uma semana

Desde o início da Campanha de Multivacinação, no último dia 19, até o momento 19.154 crianças menores de cinco anos de idade já compareceram aos postos de saúde. De acordo com a Secretaria da Saúde, como se trata de uma campanha para atualização de carteirinha, foram administradas entre o público com essa faixa etária, 17.864 doses, incluindo as crianças que estavam em atraso no esquema vacinal e aquelas que estavam na data correta para tomar a vacina.
Já entre as crianças de nove anos e os adolescentes de 10 a 14 anos no período houve o comparecimento de 9.957 crianças e adolescentes, com 2.850 doses aplicadas, incluindo os que tinham atraso no esquema vacinal e aqueles que estavam na data correta para tomar a vacina. A campanha se estende até o próximo dia 30.

Vale destacar que as recomendações do Programa de Imunização são elaboradas a partir de estudos que demonstram como uma vacina pode proporcionar o máximo de eficácia e proteção contra as doenças. Neste sentido, para cada vacina é estabelecido o número de doses a ser administrada, a idade mínima e máxima para receber cada uma delas, os intervalos ideais entre as doses e as faixas etárias alvo da vacinação. Ainda são levadas em conta as questões logísticas e operacionais para a realização da vacinação nos programas nacionais de imunizações de cada país.

Portanto, doses administradas em intervalos inadequados ou com número de doses insuficientes podem prejudicar o objetivo do programa de vacinação, uma vez que a proteção coletiva passa a não ser alcançada. Com isso, as doenças que foram eliminadas ou erradicadas podem voltar a acometer a população.

Sendo assim, a Campanha Nacional visa a resgatar a população não vacinada ou com esquemas de vacinação incompletos, tanto na infância como na adolescência, visando a melhorar as coberturas vacinais e, dessa forma, manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis no Brasil.