Rádio Bandeirantes realiza debate com os candidatos à Prefeitura

Nesta quarta-feira, foi a vez da Rádio Bandeirantes realizar mais um debate, no qual por uma hora os candidatos Eli Corrêa (DEM) e Guti (PSB) abordaram suas propostas, problemas da cidade e sobrou até ataque de ambos. O candidato Eli Corrêa (DEM) relatou a falta de atitude de Guti (PSB) durante votação da investigação da morte de 14 bebês no Hospital Municipal da Criança, no kit gay e na ONG Água e Vida, que teria desviado mais de R$ 30 milhões da cidade. Já o candidato Guti, questionou o pouco tempo de Eli Corrêa na cidade.

Entre os temas abordados, primeiro começou com a falta de iluminação na cidade, que entre as 56 mil lâmpadas, 12 mil estão queimadas. Os dois candidatos relataram sobre o absurdo da situação, e prometeram investimento e prioridade em suas gestões.

Durante o segundo bloco do debate, a discussão ficou um pouco mais acalorada, quando Guti prometeu o congelamento do IPTU durante a sua gestão, e citou o aumento na região dos Pimentas, onde o IPTU chegou a crescer mais de 1000% em alguns locais. Já Eli Corrêa, disse que o candidato estaria vendendo sonhos diante dessa promessa. Os dois também passaram a atacar o programa de governo do outro, com Guti afirmando que o plano de Eli Corrêa é cópia literal do anuário da Agende.

Eli Corrêa manifestou que foi atacado por Guti do inicio ao fim, com atitudes levianas e covardes. O candidato também destacou que é o deputado que mais destinou recursos para a cidade, R$ 15 milhões, e por duas vezes alegou que foi eleito três vezes como um dos melhores parlamentares pela revista Veja. O ataque ainda continuou após Eli questionar Guti, sobre a questão de ser forasteiro, no entanto, o candidato relatou que os cidadãos guarulhenses deveriam ouvir propostas, ideias para melhorar a cidade.

O terceiro bloco foi composto por três perguntas de ouvintes, no qual a mais importante, foi relacionada ao problema do rodízio de água na cidade. Os dois candidatos responderam que o deve ser feito é uma renegociação da dívida, e segundo os dados do candidato Guti, a dívida está em 2,7 bilhões, e o repasse da Sabesp diminuiu em 30%, além da perda de 40% da água que chega ao município, devido os encanamentos da cidade que estão velhos.

O segundo turno entre os candidatos Guti (PSB) e Eli Corrêa (DEM), ocorre no domingo, dia 30, lembrando que durante o primeiro turno, o candidato Guti ficou com 34,54% dos votos válidos, ou 208.591 mil votos, enquanto o candidato Eli Corrêa (DEM), com 22,38%, acumulou 135.134 mil votos.

Reportagem: Ulisses Carvalho