A ocupação do plenário da Câmara Municipal por estudantes secundaristas de diversas escolas públicas e universitários da Unifesp cancelou o debate entre os candidatos à prefeitura Eli Corrêa Filho (DEM) e Guti (PSB) que ocorreria ontem.

A decisão foi acertada durante reunião realizada na manhã de ontem com a participação de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da área jurídica do Poder Legislativo e assessores dos dois candidatos. Desde o término do primeiro turno, o debate estava agendado para às 14h de ontem. A TV Câmara chegou a propor a realização do debate na próxima quarta-feira (24), mas os representantes de ambos os candidatos alegaram a impossibilidade de conciliar as agendas.

Os alunos permanecem nas dependências do Legislativo desde a última quinta-feira (20) protestando contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241 e a Medida Provisória 746, de reforma do Ensino Médio. Conhecida como a PEC do Teto dos Gastos Públicos, ela estipula limite para despesas primárias federais nos próximos 20 anos e irá congelar investimentos públicos em diversas áreas, afetando diretamente setores como a educação, a segurança e a saúde.
No local diversas atividades vêm sendo desenvolvidas por eles como debates, oficinas, exibições de filmes, entre outros. Segundo os estudantes, a ocupação não tem prazo para chegar ao fim. Com isso, a sessão do Legislativo de hoje poderá ser prejudicada.

Debates – Os prefeituráveis terão nesta semana pelo menos dois encontros. O primeiro será promovido pelo Ciesp Guarulhos na quarta-feira (26), a partir das 18h30, focando especificamente nas propostas de ambos para a indústria local. O outro será promovido pelo portal de notícias G1 na sexta-feira (28), às 13h.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here