Radares da Rodoviária são apenas para testes

Os referidos radares não têm a função de aplicar multas, apenas de contribuir para verificação de funcionamento dos equipamentos.

Ao todo foram implantados quatro equipamentos: avanço de semáforo, velocidade, lombada eletrônica e leitor automático de placa (LAP).

Com a implantação dos equipamentos, alguns motoristas chegaram a questionar o fato, achando até que a Prefeitura estaria ampliando o número de faixas destinadas unicamente a aumentar a arrecadação municipal, sem informar ao munícipe, a chamada “indústria da multa”.

Por esse motivo, a STT esclarece novamente que tais equipamentos não autuam e que a partir do momento que eles forem avaliados, os mesmos serão retirados.

Central de monitoramento

Os radares da Alameda dos Lírios são equipamentos que pertencem à CIIG – Central de Inteligência Integrada de Guarulhos, que sempre busca avanços tecnológicos e emprego de parâmetros para análise de dados, a fim de melhorar o nível de atendimento. Essa implantação visa avaliar os equipamentos de monitoramento e fiscalização instalados no município.

Atualmente, a Central conta com 75 câmeras instaladas nas principais vias, com as quais realiza o monitoramento do trânsito e o trabalho de zeladoria do município, agilizando os serviços de atendimento médico, através do SAMU, em caso de acidentes, e outros, como troca de postes, lâmpadas, semáforos apagados, buracos sem sinalização, entre muitos outros que são captados ao vivo ou são atendidos pelo Disque STT 24 horas – 2475-6996.