Medo é a palavra que define a vida dos comerciantes da avenida Otávio Braga de Mesquita, na altura do número 3835, próximo ao Habbibs e a Praça 8. Os assaltos são frequentes na área, é como define José Alves, 22 anos, florista da Gimenes Floricultura. “Já foram roubadas 14 lojas em 16 dias, e minha mãe está muito apavorada que não deseja mais trabalhar”, revela Alves sobre os roubos frequentes na floricultura da mãe localizada na avenida.

Segundo o rapaz, o homem sempre está com a mesma roupa, que aparenta ser de uma firma. Ele chega com a bolsa, abre e mostra o revólver, pedindo para os comerciantes jogarem todo o dinheiro na bolsa. Somente na Gimenes Floricultura já foram dois roubos, sendo o último no dia 19 de novembro, e segundo Alves, a incidência de roubo está grande na região que ontem eles prenderam um homem que tentava roubar a Drogaria São Paulo.

Além da floricultura, o homem roubou uma doceria próxima da região e uma loja que realiza o conserto de freezers. O florista alerta também para o horário dos roubos, no qual na floricultura ocorreu no período da tarde. Segundo Alves, dois boletins de ocorrência já foram realizados no 9º DP, mas mesmo assim, a situação de medo continua, e o dinheiro das vendas dos comerciantes, acabam parando na mão de bandidos.

Reportagem: Ulisses Carvalho

3 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto isso, os funcionários da câmara estão em casa descansando, e população passando por esses problemas.. kd a justiça??…deve está em casa igual os funcionários da câmara… O sofrendo com esses assalto à toda hora, falta dágua a mais de dois anos e ninguém faz nada.. uma vergonha os governantes de Guarulhos..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here