Sem a presença do número mínimo de vereadores a sessão da Câmara de ontem durou apenas dois minutos. O tempo foi suficiente para o presidente da Casa de Leis, Professor Jesus (DEM), iniciar o Pequeno Expediente, sem que houvesse nenhum parlamentar inscrito, e a Tribuna Livre, onde também não havia nenhum cidadão inscrito.

Ao iniciar o Grande Expediente eram necessários 18 vereadores em plenário, no entanto, após verificação eletrônica de presença apenas 14 estavam presentes, dando novamente fim aos trabalhos. Na quinta-feira (17) passada, a sessão também chegou ao fim após a ausência dos parlamentares.

Com isso a extensa pauta da Ordem do Dia, vem se acumulando a cada sessão encerrada e já conta com 70 projetos para serem votados pelos parlamentares. Dentre eles estão o que estabelece critérios para desembarque de mulheres, fora da parada de ônibus, em período noturno nos veículos de transporte público coletivo do município, de autoria dos vereadores Eduardo Barreto (PCdoB) e Luiz Mato Grosso (PSD); e o que concede desconto nas tarifas dos serviços de coleta de esgoto sanitário, cobrados pelo Saae, em função da economia de 20% no consumo de água, de autoria de vários vereadores.

Ainda está na pauta para serem discutidos os relatórios finais apresentados pelas quatro Comissões Especiais de Estudo (CEE) que apuraram a limpeza dos pontos de ônibus e praças públicas, a execução das obras referentes aos serviços de tapa valas (buracos), o contrato de fornecimento de notebooks para os professores da rede pública de ensino e a que visava apurar e solucionar os problemas enfrentados no Hospital Geral de Guarulhos.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here