STT não descarta reajuste da tarifa de ônibus em Guarulhos

A Secretaria de Transportes e Trânsito (STT) não descarta o reajuste da tarifa de ônibus. Segundo o secretário da pasta, Atílio Pereira, o assunto ainda está indefinido para o atual governo.
“Não existe definição se haverá reajuste de tarifa ainda neste ano. Se não houver aumento vai ser preciso fazer um remanejamento”, afirmou o secretário ontem durante audiência pública do projeto da Lei Orçamentária Anual – LOA 2017.

Neste ano as tarifas foram reajustadas em 8,5% passando de R$ 3,50 para R$ 3,80. Já o valor das passagens dos ônibus seletivos, que circulam pelo aeroporto de Cumbica, subiu de R$ 4,50 para R$ 4,90.
Pereira ressaltou que o passe livre para os estudantes não foi implantado no município devido ao alto custo. “Em 2015 isso geraria um custo de R$ 28 milhões. Para este ano o valor seria de R$ 35 milhões, já que o custo é, em média, R$ 3,5 milhões por mês”, destacou o secretário.

Durante sua explanação, ele aproveitou para esclarecer sobre os investimentos já realizados nas obras do Trevo de Bonsucesso. Segundo Pereira, já foram utilizados nas intervenções 40% dos recursos destinados pelo governo federal. “Utilizamos R$ 34 milhões de um recurso oriundo do Orçamento Geral da União (OGC), a fundo perdido, isto é, o município não terá que pagar por isso, de um total de R$ 83 milhões”, disse.

A expectativa da prefeitura é que 70% da obra sejam concluídos até o final deste ano.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto