Artista Gilmar Pinna homenageará Polícia Militar com obra exclusiva

O artista Gilmar Pinna homenageará a Polícia Militar de Guarulhos com uma obra exclusiva. A estátua será instalada no 44° Batalhão da Polícia Militar (BPM/M), no Cecap. Segundo o tenente coronel PM Andrade, o objetivo é levar a população a uma reflexão sobre o papel da PM na sociedade.
“Surgiu a oportunidade de fazer uma escultura sobre a corporação. Para nós é interessante para levantar a reflexão, desmistificar qual o papel da polícia, tirar os estereótipos e levantar uma reflexão, através da arte, sobre o papel da polícia aqui em Guarulhos”, afirmou.

De acordo com Pinna, a intervenção artística faz parte de um projeto que ele vem desenvolvendo com a Justiça Federal nas escolas. No final do ano passado, o artista entregou a obra “A Justiça na Conciliação” que está instalada em frente ao imóvel da Justiça Federal.
“A ideia é estarmos familiarizando a Força Tática com a sociedade guarulhense. A obra vai ficar metade dentro da corporação e a outra parte do lado de fora, como se estivesse comungando a Polícia Militar com a sociedade. Isso porque eu acredito que a população precisa ter um carinho maior com a PM”, destacou.

A estimativa é que a obra seja concluída em junho. Em linhas gerais o monumento retratará uma equipe tática com cinco policiais. “É uma forma de a corporação ficar integrada, mais para o lado afetivo, com a sociedade”, disse Pinna.
Com obras expostas em países como Itália, Suíça e Espanha e Portugal, Pinna começou sua carreira na década de 70 e já conquistou diversos prêmios. Em Guarulhos, dentre as principais obras do artista, estão uma escultura em forma de três bicicletas na avenida Paulo Faccini, numa menção à família (pai, mãe e filho), lembrando que, além de saúde e segurança, a ciclovia que funciona na via também é um lugar para encontros familiares em momentos de lazer; e o monumento de 25 metros de altura, batizado de “Cavaleiro Fiel”, que está instalado em uma praça próximo ao Aeroporto de Guarulhos.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto