Bosque Maia comemora 45 anos

Neste ano o principal parque urbano de Guarulhos, Recanto Municipal da Árvore, popularmente conhecido por Bosque Maia, completa 45 anos. Fundado em 1972, o parque foi concebido no espaço de uma granja pertencente a família do médico paulistano Renato de Andrade Maia. No local foi preservada boa parte da sua flora nativa de Mata Atlântica e foram implantadas áreas e equipamentos para as práticas de esporte e lazer.

Com área aproximada de 170 mil metros quadrados, o Bosque Maia é considerado o pulmão da cidade. Além disso, o parque é tombado como patrimônio próprio público municipal pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Arquitetônico e Paisagístico de Guarulhos desde 2000.

Diversos investimentos foram feitos no espaço nos últimos anos. Em 2013, por exemplo, o Bosque Maia, recebeu novos equipamentos que integram a fase de reestruturação do local e visam atender melhor seus usuários. Houve a reforma dos sanitários, instalação de uma base da Guarda Civil Municipal (GCM), implantação de novo paisagismo, iluminação, rampas de acessibilidade e pista de caminhada com 200 metros de extensão. Além dos equipamentos, também foram instalados mobiliários urbanos (bancos de madeira reaproveitável) e dois reservatórios de água com capacidade para 20 mil litros.

Para garantir a biodiversidade e acolher a flora resgatada das obras do trecho Norte do Rodoanel, em 2014, o Bosque Maia recebeu o Orquidário Público, um importante ponto de visitação turística, espaço de contemplação e lazer gratuitos. No local os visitantes podem conhecer 300 espécies de orquídeas entre nativas, híbridas e exóticas. O orquidário possui área de aproximadamente 890 m² e foi concebido com o conceito de edificação sustentável. Dessa forma o equipamento foi construído com material reutilizável coletado em lojas de construção civil, na prefeitura e em cooperativas de reciclagem.

O Bosque Maia possui, ainda, um Centro de Educação Ambiental (CEA) Virgínia Ranali, onde são onde são realizados encontros culturais e de meio ambiente; o teatro de arena denominado Espaço Gilmar Lopes e a sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Mais de 10 mil pessoas frequentam parque aos finais de semana
Mais de 10 mil pessoas frequentam o Bosque Maia aos finais de semana. Isso porque o parque conta com diversos espaços de esporte e lazer como uma pista de três quilômetros para a prática de cooper e caminhada, além de trilhas na mata para agradáveis caminhadas.

“Gosto muito pela segurança que há, tanto para caminhar e fazer exercícios, como para trazer as crianças para brincar. Essa segurança é o diferencial por isso sempre que posso trago meus netos para brincar”, afirmou Andreia Maria da Silva, 47, que frequenta o parque há 20 anos.
No local, há ainda, quatro quadras poliesportivas, quadra de capoeira, pista de skate, academia ao ar livre e para a primeira idade, 10 lagos artificiais alimentados por águas de nascente, campo de areia e praça de eventos que sedia atividades educativas, de esportes e lazer. “É um local turístico que muitas pessoas vêm desde a infância. Muito bonito para curtir a família e os amigos”, destacou Taliane Fernandes, 18.

Serviço:
Horário: diariamente, das 6h às 22h
Endereço: Avenida Paulo Faccini, s/n° – Centro
Telefone: (11) 2475-9861
Há vigilância 24 horas e estacionamento na área externa ao parque

Reportagem: Ulisses Carvalho e Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto