Os funcionários do Hospital Pimentas-Bonsucesso estão com o salário atrasado pela terceira vez. O dinheiro deveria ter sido depositado na conta nesta terça-feira (7), mas o que houve, foi apenas um comunicado da administradora do hospital, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), revelando que devido à falta de repasse por parte prefeitura, a empresa está impossibilitada de efetuar o pagamento.

Essa é a terceira vez que ocorre atraso no pagamento dos funcionários, pois a primeira foi durante a última parcela do 13° salário, prevista para cair no dia 20 de dezembro foi depositada nove dias depois. O segundo atraso foi pago somente no dia 31 de janeiro, quando a prefeitura efetuou um repasse no valor de R$ 5,5 milhões para a SPDM.

Além do salário, outro problema que continua é relacionado à falta de equipamento para trabalhar. “No último domingo, não havia luva descartável para o centro cirúrgico”, disse um funcionário que preferiu não se identificar, alegando que os problemas também estão na falta de pagamento da administração do hospital aos fornecedores, como a empresa de rouparia e até a falta de combustível para as ambulâncias.
A Prefeitura de Guarulhos informou que a Secretaria de Saúde está honrando todos os pagamentos na medida do possível, de acordo com as autorizações orçamentárias, e que pretende efetuar a quitação do débito o mais rápido possível.

Reportagem: Ulisses Carvalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here