Parque da Saúde carece de iluminação e brinquedos

O Parque da Saúde, localizado na rua Iris, no bairro Gopoúva, passa por problemas como falta de iluminação, brinquedos que estão quebrados, academia popular que está interditada e o consumo de entorpecentes durante a noite no local.

Os moradores alegam que um dos principais pontos que contribui para a atual da situação do parque é falta de iluminação, pois durante a noite, o local fica abandonado, sem segurança, e muitos jovens utilizam uma pequena casa que há dentro do parque para o consumo de drogas.

Durante a visita da reportagem do HOJE ao local, a comunidade que há ao lado do parque, situada na rua das Jaboticabeiras, aparentemente foi demolida, mas ainda há estruturas e movimentação de moradores.
O Parque da Saúde é um terreno doado pela Furp (Fundação para o Remédio Popular), e foi inaugurado durante a gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida. Segundo moradores, muitas crianças visitam o parque. “Venho aqui há bastante tempo, e logo quando inaugurou havia bastante criança no local”, diz a enfermeira Jéssica Spadim.

Já Cristiano Martins, ex-morador do bairro, revela que sempre no final da tarde, muitos jovens realizam venda e consumo de drogas no local, além de outros problemas internos do parque. “ Aqui os banheiros são fechados, os brinquedos estão quebrados, e não há nem uma simples torneira para lavar as mãos”, revelou Cristiano.

A enfermeira Jéssica Spadim, que estava com a filha no parque, lamentou em relação aos brinquedos quebrados. “Há apenas um escorregador para as crianças”, disse a enfermeira.

Reportagem: Ulisses Carvalho
Foto: Ivanildo Porto