Em plantão, CEF tira dúvidas de 3.500 trabalhadores nas agências da cidade

Reportagem: Antônio Boaventura

Apesar do processo de saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) começar somente no dia 10 do próximo mês, a corrida em busca de informações sobre esta operação teve início no último sábado, 18. Das 22 agências que a Caixa Econômica Federal (CEF) possui na cidade, 18 delas trabalharam em regime de plantão para prestar esclarecimentos aos trabalhadores sobre os procedimentos.

Segundo a instituição bancária ligada ao Governo Federal, 3500 trabalhadores estiveram em suas agências das 09h ás 15h. No entanto, os locais devem voltar a abrir novamente aos sábados em outras quatro datas para atendimentos aos populares, que buscam sanar suas dúvidas sobre as contas inativas do FGTS. São as possíveis datas; 14 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

A média de atendimento por agência no município foi de 194 trabalhadores. Entretanto, a média de atendimento diário nas agências guarulhenses da Caixa é de 302 populares. A de maior movimentação está situada na região central e registra diariamente atendimento de 980 pessoas.
Contudo, a Caixa não revelou qual será o valor disponível para saques das contas inativas em território guarulhense. Apenas revelou que em todo o país, a medida engloba 49,6 milhões de contas, com saldo de R$ 43,6 bilhões, beneficiando 30,2 milhões de trabalhadores.

O calendário elaborado pela instituição prevê que os nascidos em janeiro e fevereiro devem sacar os valores a partir do dia 10 de março, março, abril e maio – a partir de 10 de abril, junho, julho e agosto – a partir de 12 de maio, setembro, outubro e novembro – a partir de 16 de junho, e os nascidos em dezembro – a partir de 14 de julho.