Share
Em protesto contra a reforma na previdência,  Sindicato promete paralisar a circulação dos ônibus nesta quarta-feira

Em protesto contra a reforma na previdência, Sindicato promete paralisar a circulação dos ônibus nesta quarta-feira

O protesto contra a reforma na previdência, proposto pelo governo Michel Temer, deverá paralisar a circulação de ônibus na cidade das 3h até às 8h desta quarta-feira(15)

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano,Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos em Arujá e São Paulo (Sincoverg), realiza na manhã desta quarta-feira (15), uma paralisação nas linhas de ônibus municipais e intermunicipais da cidade, em protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição 287/2016, do governo Michel Temer sobre a aposentadoria.

Nesta quarta (15), os condutores e cobradores de Guarulhos e Arujá vão cruzar os braços das 3h até 8h da manhã. A paralisação deverá afetar 99 linhas do transporte urbano da cidade.
“Somos contra essas reformas, pois afetarão diretamente a classe trabalhadora. Não aceitaremos retrocessos desse governo ilegítimo ” disse o Secretário de Organização da CNTTL e diretor do Sindicato dos Condutores de Guarulhos (Sincoverg), Wagner Menezes, mais conhecido como Marrom.

A reunião para a possível paralisação ocorreu na tarde desta última segunda-feira (13), no Sindicato dos Condutores de São Paulo. No estado, o transporte coletivo deverá ser afetado em Guarulhos, São Paulo, Arujá e Sorocaba. Além disso, os metroviários de São Paulo aprovaram uma paralisação durante todo o dia.

10 Comentários neste post

  1. Vitoria Silva

    Quais linhas vao para

    Responder
  2. Raiane Gonçalves de Godoi

    Boa noite!
    Então essa parada aí vai afetar a região de Mogi das Cruzes e Salesopolis?
    Até

    Responder
  3. Marinete Mendes

    Sabe o que seria melhor era o Brasil inteiro parar.
    Parar não só por 5 horas e sim 12 HS das 00:00 de quarta até 00:00 de quinta.
    Só assim seríamos ouvidos meu povo e se não faríamos um estrago maior.
    Todos unidos conta este governo alienado, junto com esta corja que o acompanha.
    Pq se o país afundou foi por culpa exclusivamente deles , roubando e saqueando os cofres públicos.

    Responder
    • Realmente se o Brasil todo parasse seria uma força muito grande contra essa reforma que só que tirar dos trabalhadores para cubrir o rombo que foi feito na Petrobrás e outros..

      Responder
  4. Tem que parar 24 horas….e parar tudo não só os ônibus….chega de tanta baderna Brasil!!!!

    Responder
  5. Tb acho que teríamos que parar tudo por 12;00horas

    Responder
  6. Gilmar Félix de paula

    Concordo,concordo, vamos parar tudo! ,menos hospitais e outros órgãos vitais!

    Responder
  7. Marcelo Araúlo

    O povo precisa se unir, pois o que estão fazendo é uma vergonha com a classe trabalhadora, se roubam o país e agora e agora a população que pagua a conta?
    Pelos luxos, carros importados, etc.
    Tem que existir uma reforma interna, onde esta corja de covardes tentam o tempo todo prejudicar aqueles que coloca a mão na massa, que garante a mordomia destes povo que só pensam em si mesmos, vamos falar de reduzir os salários deles, tirar diversos benefícios que eles tem, aposentadorias etc .
    Temos que parar o país!

    Responder
  8. Não adianta nada ou para tudo ou não para nada

    Responder
  9. Boa noite será que amanhã também vai ter paralisação no metrô ?

    Responder

Deixe seu Comentário