Dívida de R$ 216 mil da prefeitura com ONG pode paralisar teleatendimento do Samu

O funcionamento normal das atividades do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) depende do pagamento da dívida de R$ 216 mil da Prefeitura de Guarulhos com a ONG Plural Educação e Cidadania, que administra o teleatendimento e tem contrato com a municipalidade até o dia 14 do próximo mês. Esse valor pode aumentar nos próximos dias.

Em virtude do atraso no pagamento, colaboradores da entidade que prestam o serviço estão sem receber o adiantamento do mês anterior, vale-alimentação e o salário, que deveria ter sido quitado no último dia 5. Entretanto, o valor da dívida acumulada pode chegar a quase R$ 300 mil.

“A informação que temos é a de que eles (prefeitura) iriam acertar conosco até o final desse mês. Eu creio que irão pagar duas notas que estão em atraso e possivelmente uma que vence neste final de mês”, revelou o presidente da Plural Educação e Cidadania, José Carlos Lemes.

Apesar da constante inadimplência, segundo Lemes, a administração municipal manifestou o interesse em renovar o vínculo com a ONG, que se encerra no dia 14 de abril. Contudo, o presidente afirma que, caso não haja qualquer acordo para o recebimento dos valores em atraso, os funcionários ameaçam paralisar o serviço.

“Estamos esperando somente o decorrer desta semana pra ver se algo acontece. Caso contrário, o pessoal já está providenciando uma paralisação para ver se eles olham pra nós”.

Questionada pelo HOJE, a prefeitura afirmou que o Samu realiza mais de 100 atendimentos diários, com seis bases, localizadas na rua Cavadas, Jardim São João, Zoonoses (Bonsucesso), Alvorada, Mikail e Adamastor Centro, e que a sua frota é regional e conta com 20 ambulâncias, sendo 15 destinadas para operação diariamente, com 14 em Guarulhos, um na vizinha Santa Isabel e cinco para a chamada reserva técnica, com utilização sempre que necessário. E ainda afirmou que algumas ambulâncias estão em manutenção e aguardando regularização de seguro. E quanto aos atrasos no salário, a prefeitura informa que está efetuando o levantamento dos débitos, com previsão de pagamento nos próximos dias, além do processo de renovação de contrato já estar em andamento.

Reportagem: Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto