Vereador apresenta projeto que limita horário para carro-forte em Guarulhos

Assim como nas cidades de Piracicaba (SP), Iracemápolis (SP), Limeira (SP) e Campina Grande (PB), que por força de lei determinam que carros-fortes operem fora do horário do expediente bancário (das 10h ás 16h), o vereador Eduardo Barreto pretende trazer a medida para a cidade de Guarulhos. Sua proposta deve ser votada pelos parlamentares da Câmara Municipal na próxima semana.

A sugestão tem como propósito oferecer maior segurança aos usuários do sistema bancário como agências, lotéricas, caixas 24 horas e outros agentes financeiros. De acordo com o projeto elaborado, Barreto destaca que as cidades onde a legislação foi implantada o número de crimes relacionados a estes estabelecimentos teve uma redução considerável.
Nele, o vereador afirma, sem revelar os dados, que são várias ocorrências envolvendo os carros-fortes na cidade a pessoas que eventualmente utilizam o mesmo ambiente em que está sendo realizada a respectiva operação de transporte de valores.

Caso a lei seja aprovada pelos vereadores e devidamente sancionada pelo prefeito Guti (PSB), a mesma prevê uma multa de pouco mais de R$ 6 mil reais para quem descumprir. No caso de reincidência, o valor da infração dobra.
“Temos observado várias ocorrências Brasil a fora, de carros fortes sendo assaltados no momento em que estão abastecendo ou recolhendo dinheiro das agências bancárias, casas lotéricas e até de caixas eletrônicos em supermercados. Com essa limitação de horário conseguiremos diminuir os riscos para a população guarulhense”, afirmou o vereador Barreto.

Reportagem: Antônio Boaventura