Moradores do Jardim Palmira sofrem com constantes roubos

Pela manhã quem saí para trabalhar na avenida Alfredo Barbosa, no Jardim Palmira, deve ter cuidado redobrado ao andar na rua. Na parte da noite, há o risco da residência ser invadida. Essa é a rotina dos moradores do Jardim Palmira, que sofrem com os constantes assaltos principalmente a casas, veículos e até ponto de ônibus, onde os bandidos levam bolsas e celulares.

“Em outubro do ano passado tive meu carro roubado quando chegava a casa, e agora, bandidos invadiram minha casa pela madrugada e levaram TV, videogame, dois celulares e um notebook”, disse o auxiliar de enfermagem Alexandre Romeu, 47, morador há 16 anos no bairro, e que hoje, devido à onda de violência, já em mudar para outro bairro.

Alexandre teve um prejuízo de R$ 5 mil reais, mas ele não é o único que sofre, pois o vizinho também teve um veículo roubado, e na rua abaixo, bandidos invadiram uma casa após o almoço e levaram um notebook.

“Aqui é só comentários de roubos efurtos, sem contar os assaltos nos pontos de ônibus pela manhã. Existe comentários no bairro que os bandidos vem de comunidades que beiram a Rodovia Fernão Dias”, revelou Romeu, destacando também que a Polícia Militar quando vai ao bairro diz que a onda de criminalidade está cada vez pior e que estão investigando os casos.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]