Polícia terá acesso a sistemas da Anatel para bloquear celulares

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta terça-feira (18) o início da parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O acordo foi firmado para facilitar e agilizar o processo de bloqueio de aparelhos celulares roubados, furtados e extraviados. A iniciativa já havia sido anunciada pelo governador no final de março, após reunião com o presidente da Anatel e agora está oficializada.

A parceria permitirá à Polícia Civil o acesso ao sistema de Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), administrado pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom). O CEMI possibilita o bloqueio automático do aparelho com a inclusão do IMEI em uma base de dados centralizada. Isso vai acontecer quando o lesionado estiver fazendo o B.O. (Boletim de Ocorrência).

O acordo também permite o bloqueio imediato de aparelhos não habilitados, furtados ou roubados de lojas e de caminhões. Isso é possível desde que os proprietários tenham na nota fiscal a indicação do IMEI. A medida ajuda nas investigações em todo o Estado de São Paulo, trazendo maior rapidez e eficiência à atuação policial.