Há cerca de dois anos, soldados da Polícia Militar levaram ao Zoológico de Guarulhos, no Jardim Rosa de França, uma trouxinha de tecido com algo vivo dentro. Ao abrirem o pacotinho encontrado numa sarjeta da cidade, junto à equipe do zoo, a surpresa foi geral: uma ninhada de cinco filhotes de jiboia, a segunda maior serpente do Brasil (a primeira é a sucuri).

Das cinco cobrinhas, uma morreu, três se mostraram muito bravas, e uma se destacou pela tranqüilidade ao ser manuseada por mãos humanas. O pequeno macho, logo batizado de Raul pela equipe do zoo, agora com pouco mais de 1 metro de comprimento e 360 gramas, já há algum tempo é a grande estrela da oficina Mão na Cobra – Conhecer para Preservar, parte da programação de educação ambiental desenvolvida local que tem despertado bastante interesse da população.

Apenas em 2016, mais de 10 mil pessoas, a maioria delas crianças e jovens estudantes, participaram da atividade que também acontece em escolas da cidade. Neste ano, o número também já ultrapassa a casa dos milhares. Como o nome já indica, o momento mais aguardado da oficina é quando os participantes podem tocar na serpente.

A jiboia

Serpente não peçonhenta (nome científico: Boa constrictor) habita matas, cerrados e caatingas e tem hábitos noturnos. São animais de médio a grande porte e podem medir até 4 metros de comprimento. Sua reprodução é ovípara. A gestação dura de 127 a 249 dias e os filhotes nascem entre novembro e fevereiro. Produz de 8 a 50 filhotes por ninhada. São animais carnívoros, mas quase não gastam energia, podendo ficar vários dias sem comer. As jiboias vivem aproximadamente 20 anos. Fonte: Fiocruz

Serviço:

Zoológico de Guarulhos

Local: Rua Dona Glória Pagnoncelli, 344 – Jardim Rosa de França.

Funcionamento: terça-feira a domingo

Horário: 9 às 17 horas

Ingresso: gratuito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here