Share
Por falta de transporte, alunos da escola Darcy Ribeiro estão se ausentando da sala

Por falta de transporte, alunos da escola Darcy Ribeiro estão se ausentando da sala

Sem condições financeiras para custear o transporte, mães estão deixando de levar seus filhos para a escola. Essa situação ocorre na Escola da Prefeitura de Guarulhos Darcy Ribeiro, lno Santos Dumont. Já a administração municipal alega que todos os alunos daquela unidade educacional estão sendo atendidos com o transporte ofertado pelo governo.
Para obter a gratuidade do transporte escolar, o aluno precisa morar pelo menos dois quilômetros de distância da escola em que está matriculado, conforme o decreto municipal n.º 22451/2004 e a portaria municipal n. º 54/2009-SE. Entretanto, mães de alunos alegam que mesmo habitando a mais de dois quilômetros elas não conseguem o benefício para seus filhos.

“Eles alegam que não temos direito ao transporte, mas fazendo uma aferição da distância entre a minha casa e a escola e constatamos que supera 2 quilômetros. É um absurdo! Quando precisam sabem bater na nossa porta e depois viram as costas para nós. Com isso as crianças estão perdendo aulas por que não temos condições de levá-los”, disse a auxiliar de Limpeza Naelça Santos, 47 anos.

Convivendo com o mesmo problema, a dona de casa Maria Elenise, 46, revelou que não consegue reunir condições financeiras para levar seu filho todos os dias para a escola. Ela também afirma que utiliza o serviço durante a gestão anterior e que sem maiores explicações deixou de ser contemplada.
“Tem semana que não levo todos os dias. As pessoas precisam deste serviço e com isso muitas delas não estão indo a escola. Quando levo preciso desembolsar R$ 200 por mês, valor que pesa no meu orçamento. E me disseram na escola que não tenho direito mesmo ao transporte”, explicou Maria.

Já Vânia Santana, 30, que está desempregada e alega morar a 4,5 quilômetros da escola Darcy Ribeiro, revela que já cogitou até levar seus filhos a pé para que não perdessem as aulas. “Eu não estou trabalhando e levo meus filhos à escola somente quando tenho dinheiro para pagar o transporte”.

A Prefeitura de Guarulhos ressalta que são atendidos 11 mil alunos com o transporte escolar. Crianças, jovens e adultos com deficiência, transtornos educacionais globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, sem qualquer restrição de distância ou faixa etária também são contemplados pelo Transporte Escolar Gratuito (TEG). O custo anual deste serviço é de aproximadamente R$ 15,7 milhões.

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário