O corpo do compositor e radialista Barros de Alencar, será sepultado às 13h30, no Cemitério Primavera, em Guarulhos. Barros estava internado em coma em um hospital na Mooca, onde teve a morte decretada no inicio desta madrugada.

Cristovão Barros de Alencar, nasceu em Campina Grande, na Paraíba, onde iniciou a carreira como radialista, passando por rádios locais, até chegar na Rádio Tupi, Record e América. O primeiro disco lançado foi em 1966, após o grande reconhecimento de trabalho que obteve durante a passagem pelas rádios.

Foto: Reprodução Site G1

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here