A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal, que investiga o contrato celebrado entre a Prefeitura de Guarulhos e a Fundação do ABC durante a gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida, apontou o pagamento irregular de R$ 530 mil para entidade que administra quatro unidades de saúde na cidade desde fevereiro de 2015.

“Na minha opinião, os pontos mais críticos são as metas não alcançadas e que deveriam ter sido descontados alguns valores, que estão próximos de R$ 530 mil reais. Acho isso muito grave. Foi feito um pagamento de alguma coisa que deveria ter sido descontado”, declarou o vereador Eduardo Carneiro (PSB), presidente da CEI da Saúde e líder do governo no Legislativo.

“Estamos fazendo um resumo de tudo que a gente teve para que o relator possa emitir o parecer. Nós ouvimos todo mundo e agora vamos fazer o encaminhamento para a definição do relatório, até para ter um resumo de tudo que ouvimos para dar subsídio ao relator”, concluiu.
Contratada pelo ex-prefeito Sebastião Almeida em fevereiro de 2015, a Fundação do ABC possui contrato com a municipalidade até 31 de março de 2018. A entidade é responsável pela gestão da Policlínica do Jardim Maria Dirce, Policlínica do Jardim Paraíso, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim São João e a UPA do Jardim Cumbica, que ainda aguarda inauguração.

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here