Por falta de verbas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou a redução no patrulhamento das rodovias federais de todo país. Diante deste quadro, as rodovias Presidente Dutra, Fernão Dias e Hélio Smidt, que cortam o município de Guarulhos, estão entre as que terão a fiscalização prejudicada a partir desta quinta-feira (6).

Entretanto, segundo o porta-voz da PRF em São Paulo, Ricardo D Paula, os serviços considerados de emergência irão continuar. A medida apenas irá afetar o patrulhamento ostensivo preventivo. Contudo, a Polícia Rodoviária Federal não revelou qualquer prazo sobre o possível retorno dos serviços prestado.
“Em todas as rodovias federais do estado de São Paulo o impacto será na redução do patrulhamento ostensivo preventivo. A parte de serviço emergencial vai continuar normalmente. O que vai diminuir são as rondas preventivas. Os policiais e as viaturas vão estar normalmente nos postos, mas para focar no trabalho de emergência, atendimento e denúncias de crime e socorro as pessoas”, explicou.

De acordo com D Paula, o atendimento administrativo nos postos policiais será realizado normalmente. Entretanto, na sede administrativa em Guarulhos, o atendimento vai ser das 8h30 ás 13h. O serviço de patrulhamento aéreo também vai ser interrompido, porém, no município a PRF não possui este tipo de serviço.

“A escolta de cargas será interrompido e vamos parar de fazer este serviço até que se resolva essa situação e recomponha a nossa verba, que tem duração de um mês. Estamos contingenciando para que dure até o final do ano. E que nós possamos conseguir executar nossas ações com o orçamento previsto”, explicou. Os recursos destinados às operações da Polícia Rodoviária Federal são descentralizados e com valores distintos para cada estado da Federação. E também não há distinção de verba para as regiões dentro dos estados.

Serviços suspensos pela PRF:

• Serviços de escolta de cargas superdimensionadas e escoltas em rodovias federais;
• Suspensão imediata das atividades aéreas (policiamento e resgate);
• Redução imediata dos deslocamentos terrestres de viaturas em patrulhamento;
• Desativação de unidades operacionais;
• Alteração do horário de funcionamento das unidades administrativas, com priorização de atendimento ao público entre 8h30 e 13h;

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here