Share
Nova gestora do aterro sanitário será  conhecida no começo do próximo mês

Nova gestora do aterro sanitário será conhecida no começo do próximo mês

A Prefeitura de Guarulhos afirmou nesta sexta-feira (14) que a nova administradora do aterro sanitário será conhecida no dia 10 do próximo mês. Nesta data serão abertos os envelopes com as propostas das empresas que participam do processo licitatório aberto no final de abril. Atualmente, a administração está sob responsabilidade da Enob Engenharia Ambiental.

Na época, a prefeitura optou por contratar uma empresa gestora, de forma temporária, sem abrir processo de licitação, pelo valor aproximado de R$ 7 milhões. A nova empresa começou suas atividades no dia 11 de maio, na área de despejo de resíduos que recebe diariamente cerca de 1,3 tonelada de lixo.
Segundo publicação do Diário Oficial do Município (DOM) do dia seguinte, a Enob, que também administra os aterros das cidades paulistas de Cotia, Embu das Artes, Itapevi, Jacareí e Piracicaba, será a responsável pela área até o próximo dia 9.

A gestão do aterro sanitário foi objeto de investigação da Câmara Municipal. Vereadores decidiram instaurar a Comissão Especial de Inquérito (CEI) para analisar o processo de aquisição do aterro sanitário pelo ex-prefeito Sebastião Almeida à empresa Quitaúna. A CEI atestou como irregular a aquisição do passivo pelo governo. A compra, no ano passado, custou aos cofres públicos a quantia de R$ 3,4 milhões.

A aquisição do aterro sanitário pela prefeitura também virou alvo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), que pretende multar as partes caso a negociação para aquisição não esteja citada no Plano Diretor de Resíduos Sólidos (PDRS), elaborado em 2011. De acordo com o órgão federal, o valor da multa para ambos seria de R$ 50 milhões pela possível irregularidade.

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Deixe seu Comentário