Nos 110 anos do primeiro acampamento, escotismo abre inscrições na cidade

Nesta semana, quando se comemora 110 anos do primeiro acampamento escoteiro no mundo, grupos escoteiros de Guarulhos abriram inscrições para receber crianças e jovens, e também adultos voluntários. “O escotismo é uma grande família. No movimento, criado por Baden-Powell em 1907, os jovens se tornam grandes cidadãos, trabalhando seu amor a Deus, à Pátria e à família. Além de ser um aprendizado para toda vida”, explicou o diretor de escotismo do Centro Municipal de Educação Parque Júlio Fracalanza, Vicente Vasconcellos.

Aliás, é na Cidade Mirim do Parque Júlio Fracalanza (rua Joaquim Miranda, 471, Vila Augusta) onde funciona o 198º Grupo Escoteiro Guaru, o mais antigo em atividade na cidade – são mais de 30 anos. As atividades retornam no próximo sábado (dia 5), a partir das 13h.

Além do Guaru, estão com inscrições abertas os Grupos de Escoteiros Josafá Tito Figueiredo, que funciona na escola municipal do mesmo nome, no Parque Mikail, e o Pitiguari, localizado próximo à Praça do Avião, no Cocaia. “A Secretaria de Educação, por meio do secretário Alexandre Zeitune, está incentivando e facilitando a abertura de grupos escoteiros dentro das escolas municipais”, explicou Vicente.

Ele enfatizou a importância dos adultos, principalmente os pais dos futuros lobinhos, escoteiros e sêniores (ramos do movimento escoteiro), de participarem das atividades nos grupos. “Como uma grande família que é, o movimento escoteiro precisa do apoio e participação de pais e de adultos voluntários. As portas dos grupos escoteiros estão abertas para todos. É só nos procurar”, observou. Mais informações sobre as inscrições no telefone (11) 9.9832-2671 (Vicente).

Reportagem: Gil Campos
[email protected]