A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), confirmou ao HOJE que segue na gestão do Hospital Pimentas-Bonsucesso (HMPB), localizado no bairro do Pimentas, até o dia 1 de novembro, com o objetivo de cumprir as metas do contrato firmado com a administração municipal.

O chamamento público das Organizações Sociais de Saúde (OSS), encerrou no dia 21 de julho, porém, a Secretaria da Saúde revelou que o processo ainda está em fase de habilitação e análise de cursos. Segundo reclamação de funcionários do hospital que preferiram não se identificar, a situação da falta de materiais continua, porém, a administração esclarece que sempre busca manter os estoques da unidade abastecidos.

Nesta terça-feira (08), funcionários novamente reclamaram de salários atrasados, mesmo após o repasse de R$ 7 milhões ter sido efetuado, porém, no final da noite, o pagamento foi efetuado aos funcionários.

Confira o posicionamento da SPDM:

A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) esclarece que, após os trâmites burocráticos, os repasses da Secretaria Municipal da Saúde de Guarulhos, destinados ao pagamento da folha salarial do Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso (HMPB), foram compensados hoje. Assim, os créditos dos salários já estão sendo realizados nas contas dos profissionais nesta data.

Em relação à questão de falta de materiais, a direção do HMPB busca sempre manter os estoques da unidade abastecidos, porém, em caso de faltas pontuais, possui um plano de contingência que prevê a substituição de tais itens por similares e com o mesmo efeito, garantindo assistência segura e com qualidade ao paciente.

Além disso, a SPDM esclarece que, conforme previsto em contrato com a Prefeitura de Guarulhos, segue na gestão do HMPB até o dia 1º de novembro, cumprindo integralmente as metas do contrato de gestão firmado com a administração municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here