Monumento à padroeira do Brasil une as cidades de Aparecida e Guarulhos

Um monumento de 50 metros de altura em homenagem aos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, que começará a ser montado no próximo dia 1º e ficará pronto em 12 dias, está unindo as cidades de Aparecida, no interior, e Guarulhos, na Grande São Paulo. É que o artista que assina a obra, Gilmar Pinna, é guarulhense de coração e doou o monumento, que pesará – após sua montagem – cerca de 400 toneladas, à cidade onde está localizado o maior templo católico do país, o Santuário Nacional.

De acordo com o projeto, a imagem poderá ser avistada a 2 quilômetros do local a ser instalada em um morro, a poucos metros da rodovia Presidente Dutra. Segundo o autor da obra, que supera os 38 metros de altura do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, serão utilizadas cerca de 32 carretas para transportar todo material que parte de Guarulhos em direção ao município do Vale do Paraíba.
“Eu acho que no Brasil está faltando solidariedade, e não somente da classe política, mas do povo. O povo precisa olhar melhor para o seu próximo e ser mais solidário. Acho que esta imagem é uma linguagem para que as pessoas entendam que elas podem se doar. No meu caso, eu tenho o dom da escultura e entendo que deveria fazer [a obra]. Espero que as pessoas olhem o gesto e não somente o monumento”, explicou Pinna.

A réplica do monumento, que tem como matéria-prima aço inoxidável, esteve nesta quarta-feira (20) na sede do Grupo MGCom, responsável pela edição do GUARULHOS HOJE. A visita da réplica à empresa contou com a presença do subsecretário de Cultura, Adalmir Abreu, do vereador Romildo Santos (DEM) e do padre Cleber Leandro, da paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Tranquilidade, e que fez a bênção da imagem.
Na cidade de Aparecida, a obra, que terá elevador panorâmico, além de 300 degraus, estará instalada em uma área de 374 metros quadrados.

Reportagem: Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto