Prefeitura realiza estudos para a readequação de feiras livres da cidade

A prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU), realiza estudos para promover a readequação das feiras livres no município. Dentre as propostas, existe a possibilidade da implantação desta atividade comercial em horário noturno, além do remanejamento de locais de algumas já existentes.

“As feiras diurnas podem sofrer alterações em seus locais, isso caso o poder público enxergue que as vias ocupadas possam comprometer o fluxo de veículos e de pessoas. Algumas serão remanejadas e não necessariamente ampliadas”, disse Jorge Taiar, secretário de Desenvolvimento Urbano.
Guarulhos conta atualmente com aproximadamente 100 feiras livres espalhadas por toda cidade.

Taiar classificou o transtorno causado pela montagem da estrutura, o horário e a limitação de locomoção dos moradores que habitam nas vias onde estão alocados este tipo de comércio como os principais problemas encontrados atualmente.
“Está sendo analisado e vamos conversar com os feirantes. Tudo vai ser dialogado para que possamos chegar a um consenso para fazer as mudanças. Os estudos estão em andamento e não tem uma data precisa para acontecer. Esperamos que possam ser concluídas até o final do ano”, explicou o secretário.

Dentro deste processo de readequação está, ainda, a implantação das feiras nos condomínios residenciais. Para que esta iniciativa possa ser efetivada, a mesma precisa de uma regulamentação específica.
“Tem que ser regulamentadas e algumas acontecem em caráter experimental. Elas podem ser somente para os moradores do condomínio, que irá determinar suas regras”, concluiu.

Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto